::: Por que gastar dinheiro com viagens? :::

Vamos admitir que todo mundo vai te dizer que os seus “vinte poucos anos são o tempo de aproveitar a vida”. Acredite nisso, 100%. Os seus vinte e poucos anos são a época que você tem bem poucas responsabilidades, e você ainda tem tempo para ver o mundo como um viajante. E quando eu falo viajante, eu quero dizer, conhecendo outros viajantes, fazendo mochilões, dormindo em hostels, e quem sabe até chegando a dormir no chão por aí. Andrew Zimmerman uma vez disse, “Por favor, seja um viajante, não um turista. Tente coisas novas, conheça pessoas novas, olhe além daquilo que está bem à sua frente. Essas são as chaves para entender esse mundo maravilhoso onde vivemos.”

Então eu diria, viaje nos seus vinte anos. Viaje com a família, amigos, novos amigos, e até sozinho. Viaje para visitar os seus amigos que vivem em outros países. Ver rostos familiares em um terreno estrangeiro pode ser bem tranquilizador. Quando você tem uns 30 anos ou por aí, você vai querer viajar de um jeito diferente. Você possivelmente vai querer ficar em hotéis confortáveis e comer em bons restaurantes.

1. Você vai criar memórias eternas:

scrapbooking-supplies

“Eu prefiro olhar para trás e dizer ‘Eu não acredito que eu fiz isso’, ao invés de dizer ‘Eu queria ter feito isso.”

Quando você viaja, você vai se apaixonar. E eu não quero dizer apenas pelas pessoas que você conhece por lá, mas também se apaixonará pela beleza, pela arquitetura, e até pela cultura. Você vai ficar tão apaixonado, que você vai ficar até inspirado. Inspirado a fazer oq, talvez você pergunte? Eu não saberia dizer. Essa é uma pergunta muito pessoal, cada um vai sentir de um jeito, então poderia ser qualquer coisa.

Você também pode chegar à conclusão que as memórias que você cria quando viaja vão durar muito mais do que qualquer outra coisa. A vida é um maravilhoso presente e todos devem experienciá-la e vivê-la. Se você é como eu, você vai ficar sonhando acordado sobre uma vida para qual você pode escapar, faça isso. Simplesmente levante e faça isso. No seu leito de morte, você vai lembrar dessas memórias. Serão histórias que vai contar para os seus filhos , será a vida que você vai olhar para trás nostalgicamente quando for mais velho. Experimentar a real beleza, e se apaixonar louca e profundamente por ela.

2. Você vai forçar os seus limites:

adventure-photography

“O medo é uma emoção manipuladora que pode nos enganar e nos levar para uma vida chata” – Donald Miller, A Million Miles in a Thousand Years: What I Learned While Editing my Life

Agora eu preciso dizer, se você é uma daquelas pessoas que pensa muito no futuro e também daquelas que não gostam de quebrar as regras, ou que não faz nada que não deveria fazer. Há um medo que se desenvolve quando somos bem jovens – faça tudo de acordo com o plano, o que parece perfeito. Quando a gente cresce, percebe que isso é absolutamente ridículo e que nossas vidas ficam muito chatas. Bate aquele questionamento “Se você pudesse guardar apenas UMA memória, apenas UMA, qual seria?” e você percebe que não consegue responder. Se você vive uma vida toda muito planejadinha, nada parece ser muito excitante. E não é nem pela pressão dos outros que você é assim, mas sua, interna mesmo.

Algo que você deveria experimentar , e ao conversar com pessoas que viajam muito, se confirma, é viajar sozinho. Isso pode até parecer um pensamento assustador, mas se a sua razão de não fazer é o medo, então o medo vai te impedir de fazer tudo na sua vida.Viajar sozinho vai permitir um auto-conhecimento, aprender mais sobre si mesmo, e você vai até se amar mais. E além disso, você não vai ficar sozinho, você sempre vai fazer novos amigos. Amigos são apenas estranhos que você ainda não conheceu, certo? Você pode não estar acostumado a fazer amigos sozinhos, mas comece , pois isso muda você. Você precisa sair da sua zona de conforto. Você vai concluir que a humanidade é interconectada e é TÃO fácil fazer amigos.

Pare de se segurar porque você tem muito medo de tornar seus próprios sonhos em realidade. Seja o protagonista na história da sua vida – faça aquilo que você quer, viva sua vida do jeito que você quer que ela seja.

3. Você vai apreciar a vida:

439728b6638c27af1dd850f0950e122a

“Aproveite a vida hoje, porque ontem já passou, e amanhã nunca é uma promessa.”

A principal desculpa que a gente ouve é que viajar custa muito caro. É verdade, não é realmente barato, mas não é tão caro quanto você pensa. Tudo que você precisa é fazer alguns pequenos sacrifícios, planejar , controlar suas finanças. Mas não me entenda errado, você precisa sim planejar o seu futuro. Não torre todo o seu dinheiro viajando e quando você chegar em casa você vai estar falido. Não, essa realmente não é uma boa idéia. Planeje tudo, e não negligencie o seu futuro. Você não precisa de tanto para viajar. Viva de forma barata – com amigos, em hostels, e coma coisas baratas. Dinheiro não é equivalente à felicidade. Talvez isso soe como um baita trabalho, mas confie em mim, vai ser o maior investimento que você pode fazer!

Quando você viaja, você se apaixona por tudo: o país/cidade, as pessoas, ou quem sabe até alguém em particular. É uma experiência que vale a pena ter porque muda você , e mesmo a forma que você vê o mundo. Você vai perceber que nem tudo é sobre você e tem um mundo muito maior lá fora. Você vai realmente entender como é o mundo.

E com isso, eu posso honestamente dizer que viajar e algo do qual você nunca vai se arrepender. Eu sei que eu não. Viaje nos seus vinte e poucos anos e quando passar essa época continue achando uma forma para continuar viajando do seu jeito.

Add Comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: