Saúde: 10 Erros Que a Maioria Das Pessoas Cometem Viajando

Viajar é bom demais…até que alguma coisa acontece, como uma doença, ser picado por alguma coisa, ou alguma coisa muito simples porém muito chata aparece e destrói nossa viagem. Uma das melhores coisas que você pode fazer é aprender o que não fazer e chegar à conclusão de que a prevenção é o que faz toda a diferença. Nós listamos os 10 erros que a maioria das pessoas comete e como evitar uma catástrofe simplesmente usando medidas preventivas.

1. Higienizador de mãos (álcool gel)

1

Uma coisa que a gente nunca deveria sair de casa sem é o tal do álcool gel. Acontece o seguinte: A maioria das nossas doenças entram através do nosso nariz, boca e olhos – então, como elas chegam lá? Pelas nossas mãos! A maior parte das pessoas nem para pra pensar estando andando pra cima e pra baixo, tocando nas coisas, pegando elas, e depois tocando o rosto. Você não terá acesso o tempo todo à água e sabão, então andar com um vidrinho de álcool gel, ou outro higienizador é a pedida! Coloque-o em uso! Lembre-se disso especialmente depois de cumprimentar pessoas, apertando as mãos, você nunca sabe por onde elas andaram…Só falando mesmo…. (mas faça isso de uma forma a não parecer mal educado).

2. Beba água mineral engarrafada

2

Essa é uma prática que recomendamos para o mundo inteiro, mesmo onde te dizem que é seguro beber água da torneira.Outra coisa que também é muito boa de ser lembrada ao viajar é que tudo já é um choque ao seu sistema, então, beber água que é bem pura e limpa é quase uma obrigação! E quando for beber outras coisas não se esqueça ao pedir com gelo, que esse normalmente é feito com água de torneira ou filtro, então evite, já que não dá para verificar a procedência e ele vai derreter dentro da sua bebida. Beber bastante água por si só já é uma ótima medida, já que assim você também evita o risco de desidratação, especialmente em lugares muito quentes e úmidos!

3. Andar calçado

3

Não pegamos doenças através do contado das nossas mãos com nossa face, mas um dos erros mais comuns que as pessoas cometem é andar descalços, especialmente quando visitam uma cidade de praia. Doenças também entram pelos pés, então caminhar pelas ruas onde as pessoas cospem, animais urinam e muitas outras coisas que preferimos nem lembrar acontecem, sem sapatos podem nos trazer problemas de saúde. Umas das piores coisas que você pode fazer é andar em lugares com água, mesmo que ela pareça limpa. Sempre calce seus sapatos para não correr riscos.

4. Injeções

4

Sempre tente conhecer todos os riscos de saúde que um país oferece antes de viajar, especialmente quando estiver indo para áreas que sabe onde existem muitos mosquitos. Uma injeção dói só um pouco e acaba logo, mas pode te salvar de ficar seriamente doente quando viaja para outros países. Picadas de mosquitos, como bem sabemos aqui no Brasil, podem trazer doenças sérias, como a malária, ou você pode ser ver em casos de alergia muito desconfortáveis. Na verdade alguns países tem essa questão das injeções como regra condicional para se entrar no país. Por exemplo, se você for para Ghana, na África, terá que tomar vacina contra febre amarela e até mostrar na entrada no país um documento comprovando isso. Sempre confira isso antes de ir para um país.

5. Kit de primeiros socorros

 5

Mandatório para viajantes. Ponto. Países diferentes, até mesmo cidades aqui mesmo no Brasil, podem não ter aquilo que você precisa em uma emergência. Ter um kit preparado com todos os essenciais como : band-aids, tesourinhas, pinça (para remover farpas ou picadas de inseto), gaze e remédios básicos como os de dor de cabeça ou enjôo (além de medicamentos que costuma usar e especialmente quando precisa de anti-alérgicos), antisépticos etc, vão te deixar mais tranquilo.

6. Comidas Conhecidas

6

Viajando ao redor do mundo, inevitavelmente você vai acabar indo a algum lugar onde você não goste muito da comida. A primeira coisa que você pode acabar fazendo é restringir-se de comer, e aí você começará a ficar desidratado e isso pode levar à outros problemas de saúde. Um viajante muito experiente costumava aconselhar sempre que devemos sempre carregar conosco algo que nos seja familiar para comer, como uma barrinha de cereais, de proteínas, de frutas até mesmo de chocolate! Um biscotinho ou algo que estejamos acostumados,para não passarmos aperto. E se você chegar a esse ponto, de passar mal, o seu corpo precisa ser primeiro nutrido antes de aproveitar algo.

7. Filtro Solar

7

Algumas das pessoas mais envelhecidas e com problemas de pele que podemos conhecer são aquelas que achavam que era “desnecessário” ir para o sol sem filtro solar. Não importa a cor da sua pele, você pode ainda assim se queimar e até ficar bem doente. A primeira coisa que você deve investigar é o quão perto o lugar que você vai visitar é da linha do equador e se você vai visitar a costa, então saberá quão intensamente exposto ao sol ficará. Você deve usar fator de proteção SPF 15 ou mais alto e sempre conferir a validade. Outra coisa que não deve esquecer é sair do sol entre 11h da manhã e 3h da tarde, que é o pior horário do sol.

8. Comida de Rua

8

A menos que você esteja já muito habituado a comer comida desse pais ou região, evite ao máximo comida de rua. Todos nós temos estômagos que se ajustam à maneira que comemos e como somos alimentados. Se, por exemplo, você está acostumado a comer comida processada, de microondas, comer muitas comidas frescas, frutas etc podem te fazer sentir mal, tanto quanto o contrário, acredita?!  Em alguns países, a legislação sanitária não é muito rígida, então, você pode acabar comendo comidas que não foram acondicionadas da maneira correta, ou não foram higienizadas como deveriam. Até mesmo comer de um prato e com talheres lavados em água contaminada pode afetar muito a sua saúde. Seja consciente e atento, coma apenas onde você sabe exatamente como a comida foi preparada (onde e quando).

9. Emergência

9

Qual tipo de plano de saúde você tem? Sabe se ele cobre atendimento no exterior? A melhor coisa que você pode fazer é ligar para eles e informar para onde está viajando e saber exatamente o que fazer se algo acontecer, como um acidente ou ferimento grave. Também não pode esquecer do importante seguro saúde que você deve fazer para sua viagem na própria agência que está planejando o restante. Descubra se seria transportado de volta para seu país ou cidade ou quais hospitais e médicos estariam disponíveis para você onde está viajando. Qual é o procedimento se acontecer uma emergência? É sempre bom saber isso para que você possa relaxar e saber que estará bem cuidado.

10. Finalmente, Fique Alerta!

10

A ideia de viajar é ir para algum lugar e ser capaz relaxar e aproveitar. É muito difícil fazer isso se você não fica atento ao seu entorno. Quando você for para algum lugar, dê uma pesquisada na região em volta do hotel (ou da host home para intercambistas) onde estará hospedado. Descubra se tem lojas, restaurantes e farmácias. É sempre prudente e inteligente saber do que está acontecendo e também carregar números de emergência na sua carteira.

São muitas dicas, mas é importante dizer: Não precisa ficar paranoico! Senão nem vai conseguir aproveitar o máximo da sua viagem ( quem sabe descobrir uma barraquinha com uma especialidade gastronômica local inesquecível!) Tente seguir essas dicas da melhor maneira para passar um tempo bom e saudável. Imprevistos acontecem, sabemos bem, mas se podemos evitar algumas coisas, estejamos preparados!

Gostou das dicas? Precisa de alguém pra ajudar a planejar seu intercâmbio?

Clique aqui e fale agora mesmo com a gente!

Add Comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: