Países que estão reabrindo para Turismo e Intercâmbio

O mundo está retornando ao normal de maneira lenta e gradual. E o setor de turismo e intercâmbio também vem seguindo este ritmo. O controle dos casos do coronavírus em alguns países está tornando possível a reabertura de suas fronteiras. Confira abaixo como a situação dos principais destinos que oferecemos:

CANADÁ: Desde o dia 8 de Junho, parentes em primeiro grau de cidadãos ou residentes permanentes estão podendo entrar no país. Além disso, os viajantes, devem se “auto isolar” por 14 dias assim que chegarem ao Canadá. A fronteira com os Estados Unidos segue fechada para viagens não essenciais até o dia 21 de Julho.

ESTADOS UNIDOS: Desde o dia 28 de maio, está proibida a entrada de viajantes que estiverem no Brasil. Residentes permanentes e seus cônjuges, filhos ou irmãos estão autorizados a ingressarem no país. Até o dia 21 de Julho, as fronteiras com o Canadá e México estarão abertas apenas para viagens essenciais.

MÉXICO: Alguns hotéis de Cancún já retornaram as suas atividades este mês. Eles podem utilizar apenas 30% de sua capacidade e devem adotar todas as medidas de desinfecção e segurança. Em relação à fronteira com os Estados Unidos, ela segue fechada para travessias não essenciais até o final de Julho.

AUSTRÁLIA: Considerada um dos melhores exemplos de contenção da COVID-19, apenas residentes e cidadãos estão liberados a entrar no país. E, de acordo com o governo, não há previsão de abertura da fronteira para esse ano. A exceção é para quem se encontra na Nova Zelândia, já que a mesma também está conseguindo controlar os casos. O plano é fazer um “corredor” para transitar entre os dois países.

NOVA ZELÂNDIA: Como também é um país que está conseguindo controlar os casos do coronavírus, apenas residentes e cidadãos estão autorizados a entrar no país. E se der certo, em breve, liberará o país vizinho, Austrália.

ÁFRICA DO SUL: Apesar de o governo emitir relatórios com a reabertura para turistas apenas em fevereiro de 2021, funcionários da indústria de turismo da região elaboraram um plano de reabertura (ainda em análise) das fronteiras para Setembro.

FRANÇA: Cidadãos de Estados Membros da União Europeia, assim como de Andorra, Islândia, Mônaco, Noruega, San Marino, Suíça e Vaticano estão autorizados a entrarem no país desde o dia 15 de Junho. Para os passageiros vindos da Espanha ou Reino Unido, é solicitado que entrem em uma quarentena voluntária. Além disso, as fronteiras para países fora da EU e que estiverem com a epidemia controlada, serão reabertas no dia 01 de Julho.

ALEMANHA: No dia 15 de Junho, o país suspendeu as restrições de fronteira para viajantes vindos de países da União Europeia, Suíça, Noruega, Islândia, Liechtenstein e Reino Unido. Os mesmos devem se auto isolar por 14 dias após a entrada. No momento, aqueles que estão fora da UE, só poderão ingressar no país a partir de 1° de Setembro.

IRLANDA: Com as fronteiras abertas, ela exige que qualquer pessoa que entre no país, inclusive residentes permanentes, se isole por 14 dias. Os hotéis devem reabrir no dia 20 de Julho, mas os pubs apenas em agosto.

ESPANHA: No dia 21 de Junho, o país reabriu as suas fronteiras para cidadãos da União Europeia, Reino Unido, e países do Acordo de Schengen. As fronteiras para países não pertencentes à União Europeia deverão reabrir no dia 1º de Julho.

MALTA: O Ministério de Turismo de Malta anunciou que reabrirá para viagens turísticas no dia 1° de Julho para os seguintes destinos: Alemanha, Áustria, Chipre, Suíça, Ilhas de Sicília e Sardenha, Islândia, Eslováquia, Noruega, Dinamarca, Hungria, Finlândia, Irlanda, Lituânia, Israel, Letônia, Estônia, Luxemburgo, Republica Tcheca, Itália, França, Polônia, Espanha, Croácia e Grécia. Algumas regiões da Itália, França e Espanha continuarão com restrição de voo ate o dia 15 de Julho.

ITÁLIA: No dia 3 de Junho, o país abriu as suas fronteiras para cidadãos da União Europeia, Reino Unido, Andorra, Mônico, Vaticano, San Marino e países do Acordo de Schengen. Os recém-chegados destes países mencionados não precisam passar por quarentena domiciliar, a menos que estiveram em outro país 14 dias antes de chegar a Itália. Desde meados de maio, restaurantes, bares, hotéis e cafés estão reabertos. Cruzeiros em navios estão suspensos.

Gostou? Precisa de alguém pra ajudar a planejar seu intercâmbio?

Clique aqui e fale agora mesmo com a gente!

Add Comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: